Artigos
Lia Helena Giannechini
Coaching, psicologia, grávidas e o mundo dos bebês, e a transformação pela arte
Coach e o desmame!!!

Sempre gostei muito de lidar com crianças. Aprendi desde muito cedo, com 6 anos de idade, que iria ensinar adultos que batiam em pequenos, a cuidar deles. E minha atenção passou a ser o bem estar na infância.  

Hoje a vida ficou muito diferente da época que eu morava em Santana, na cidade de São Paulo, há 45 anos. As mães precisam dar conta do trabalho, dos deveres da casa e dos cuidados com seus filhos e seus maridos.

Mas ela precisa também, de um espaço para seu crescimento profissional e pessoal.

É nessa hora que o processo do Coach pode ajudar.

O que é o Coach?

Segundo o IBC, “Coaching significa tirar um indivíduo de seu estado atual e levá-lo ao estado desejado de forma rápida e satisfatória. O processo de Coaching é uma oportunidade de visualização clara dos pontos individuais, de aumento da autoconfiança, de quebrar barreiras de limitação, para que as pessoas possam conhecer e atingir seu potencial máximo e alcançar suas metas de forma objetiva e, principalmente, assertiva”.

É uma estratégia usada para ajudar o coachee a realizar plenamente seu potencial e atingir suas metas. O coach, primeiro, ajuda a definir as metas e, depois, apoia o coachee para que ele possa alcançá-las, implementando uma ESTRATÉGIA e assistindo-o para que se mantenha dentro dela. O processo de coaching ajuda a equilibrar trabalho, vida familiar e obrigações sociais, como o lazer e as práticas espirituais, segundo o SLAC

Ser Coach, para mim, é fazer a diferença na vida de pessoas, para que elas realizem seu melhor potencial. Tanto pessoal, como profissional.  É ajudar a pessoas a criarem seus sonhos e perseguirem suas metas.

Uma mãe que desmama seu filho está na época de criar uma estratégia de vida, que ajude a conquistar um sonho e uma independência financeira, que faça com que a vida vale a pena ser vivida.

Quando é preciso trabalhar, mas a mãe não quer deixar seus filhos em creches ou em casa sozinhos com babás, pode criar estratégias para funcionar em serviços onde ela possa ter seus filhos ao seu lado e ao mesmo tempo, fazer sua profissionalização. Eu fui uma delas. Sempre atuei em consultório particular por conta de dar aos meus filhos, a minha presença, o máximo que eu conseguia. Isso não deixava que eles ficassem em casa, muito tempo com cuidadoras. Eu tinha muitas ajudantes, mas ganhava o dinheiro para isso. E passava sempre um período com eles.

Assim o Coach ajuda a colocar a meta de uma profissionalização que leva em conta os seus anseios e cria uma estratégia para persegui-los.

Gosto muito de trabalhar com jovens adultos, que precisam de ajuda para se posicionarem na vida. Além de deixar o tempo do adolescer de lado é preciso criar responsabilidade com uma sabedoria de vida, equilibrando talentos e afazeres, sonhos e coragem, descanso e presença com ganhos que faz a vida segura, coisa que a maior parte dos brasileiros não consegue pensar.

O coach é para isso. Ajuda saber o que se quer e o que é preciso fazer para criar estratégias e chegar lá, em cinco, dez, quinze ou vinte anos.

A época do desmame é muito propícia para implementar um processo de vida, que se amarre a um sonho e crie as possibilidades para que ele aconteça.

Estou criando um grupo de Coachees que queiram ajuda para alcançar um sonho. Talentos, competências e realidades têm que se alinhar com um pensamento criativo, uma estratégia e uma sabedoria que faça a vida seguir em frente. Vamos lá? Precisa de ajuda? Estarei na minha página do facebook, no Youtube, ou no blog.

www.alemdooceano.wordpress.com

O processo em grupo é mais criativo, você aprende com a vida das outras mães que passam pelos mesmos problemas.

Perfil

Nasceu na cidade de São Paulo, Brasil. Viveu sua primeira infância no Bairro de Santana, residindo em Santos em sua adolescência, onde estudou no Colégio São José, compondo as primeiras poesias, com a influência de J. G. de Araujo Jorge, nos anos 60. A formação humanista, leva a escolha da profissão de psicóloga. Mora atualmente em Piracicaba, realizando um trabalho como Coaching Social e empresarial, donde nasce a experiência para o livro atual. É autora de um livro de contos, Doido, Eu? Editora clube dos autores, 2012,sobre mendigos e andarilhos,  diversos artigos sobre psicologia e o Blog www.alemdooceano.wordpress.com, com todas as poesias e artigosque escreveu.
Foi convidada por Sylvio Rey Reboledo a ministrar os  cursos de introdução ao Psicodrama, para lideres comunitários em Cali, Colômbia, pela Casa de Justicia de AguaBlanca, onde recebeu o título de cidadã benemérita em Ginebra, Vale delCauca, pelos serviços prestados à comunidade, que a recebeu de braços abertos em 2010.
Já ministrou diversos cursos próprios, como Mitologia Pessoal e a Roda do Zodíaco, Além da Extensão da Mente: Oficina de Criatividade, Mitologia Pessoal – oficina de desenvolvimento humano. Oficina de Coordenação e Desenvolvimento de Grupos, Oficina de Criatividade.
Trabalhou como consultora de treinamentos, em empresas como Gerdau e Engebrás.
É autora de diversos artigos para o Jornal de Piracicaba de 1985 a 1987.
Seu trabalho atual como Coaching  prepara o jovem adulto para empreender e transformar seu conhecimento em um negócio próprio, além de desenvolver fases para consolidar as carreiras de jovens profissionais. Seu trabalho com escritora desenvolve projetos com equipes da comunidade.
Atualmente faz parte do clube caiubi de compositores, onde alguns parceiros musicam suas poesias, transformando a experiência de letrista, em um processo novo e criativo.
Atualmente se dedica a dois projetos
#AtitudesSimplesResultadosExtraordinários junto com mais 14co-autores, escreveu um e book sobre coaching, contando todos os passos que precisam ser dados para uma pessoa alcançar seu sonho,
#CariCreare – projeto para grávidas, com acompanhamento, informação e suporte emocional.
#arteevida – um projeto de arteterapia para depressivos e pessoas com síndrome de stress

Últimos artigos
O desmame!!!
Série: Desenvolvimento infantil e a Responsabilidade dos Pais
A escola e os pais devem fazer uma aliança, pelo benefício do crescimento da criança
Além do Universo
A solidão traz estresse
Todos os artigos